Notícias e publicações

Suíça: Encantos no Coração da Europa

Suíça: Encantos no Coração da Europa
Danielle M. Bohnen
A Suíça é conhecida mundialmente pelo souvenir mais apreciado no mundo inteiro: o chocolate. De fato, ninguém volta de uma viagem à Suíça sem algumas caixas de chocolate. A indústria manufatureira de chocolate na Suíça tem reconhecimento internacional devido à qualidade dos produtos. De cremosidade, sabor e texturas variados, o chocolate suíço é produzido durante o ano todo, oferecendo as peculiaridades em cada estação, como os “chocolates de flores” na primavera, o chocolate quente no inverno, os especiais de Natal e assim por diante. Também cada região suíça produz seus tipos de chocolate, como em Berna, onde se pode encontrar os famosos “chocolates ursos”.
Cenários encantadores
Quem deseja conhecer esse país encantador que é a Suíça, não pode deixar de visitar as montanhas que formam os Alpes. As montanhas são cobertas de neve o ano inteiro e podem ser vistas no horizonte de qualquer cidade. Os Alpes têm uma extensão que vai desde a fronteira com a França, passando pela Áustria cobrindo todo interior suíço, onde ficam as fazendas e os campos. Os esportes de inverno são praticados principalmente na região das montanhas Jura, nome dado pelos ancestrais celtas, termo que significa “floresta”. A montanha mais alta é Dufourspitze, de 15,203 pés de altura, seguida por Dom e a Matterhorn com 14,913 e 14,691 pés de altura, respectivamente.
Onde a reciclagem dá certo
Esse pequeno país no coração da Europa, além de um grande produtor de chocolate e apresentar paisagens belíssimas, tem desenvolvimento cultural e tecnológico notável, modelo para os países do mundo todo. A Suíça é o país que mais recicla lixo do mundo, 66% a 96% de tipos diferentes materiais são reciclados. Na maioria das cidades, o lixo comum (exceto itens perigosos) só é recolhido se estiver dentro de um saco lacrado ou em sacolas oficiais, em ambos os casos é necessário pagar uma taxa para o serviço, assim o país incentiva financeiramente a reciclagem, que é gratuita. Oficiais de saúde do governo e a polícia têm permissão para abrir as latas e procurar objetos, como antigas contas e papéis de documentos, para encontrar as pessoas que não pagaram a taxa de depósito para que sejam punidas com multas que vão de 200 a 500 francos suíços.
Voltar a listagem