Notícias

Mutriku será a primeira usina de energia elétrica maremotriz da Europa
Por Danielle Bohnen
O Governo do País Basco inaugurou a planta para o aproveitamento das ondas de Mutriku, primeira estação energética na Europa que produzirá energia elétrica através das ondas do mar. A central conta com uma tecnologia denominada OWC (Coluna de Água Oscilante, em sua sigla em inglês) da companhia escocesa WAvegen, que pertence ao grupo Voith Hydro. As turbinas são de fabricação da empresa basca Vpith Hydro Tolosa.
A Mutriku é a primeira instalação marinha conectada em rede, em funcionamento na Espanha e na Europa Continental. Conta com 16 câmaras de turbina, com potência instalada total de 296 kW. Trata-se de uma planta demonstrativa das capacidades dessa fonte energética, pioneira em toda a Europa, dada por sua novidade e características singulares, estima-se uma produção anual de 600.000 kWh.
Prospecção do porto de Mutriku onde será instalada a usina
O funcionamento do sistema de Mutriku baseia-se na pressão que exerce a onda sobre o ar. A planta conta com 16 câmaras de ar dentro do dique, de forma que, ao chegar, a onda pressiona o ar das câmaras e este, por sua vez, sobe passando pelas turbinas e fazendo-as girar. Quando a onda sai, o ar é sugado e também passa pela turbina, em ambos os casos produze um movimento giratório de cada turbina, sempre no mesmo sentido, dessa forma, move os geradores e produz a eletricidade.
A água do mar nunca entra em contato com os elementos eletro-mecânicos da instalação. Toda a energia elétrica produzida desta forma limpa, é encaminhada diretamente à rede geral de distribuição, o que faz da Mutriku, Eunica usina que funciona dessa forma no mundo, já que as outras instalações, existentes em Portugal e Escócia são protótipos que tem por finalidade principal, a pesquisa, antes da produção de energia. Já a Mutriku, trata-se de uma planta pré-comercial.
Destaca-se que a Mutriku, é o único projeto de energia marinha em toda a Europa, dos apoiados pelo 6º Programa Marco da Comissão Europeia, que completou sua instalação e que já está em funcionamento.
Um dos principais projetos de energia marina atualmente em fase de desenvolvimento e instalação é o Bimep (Biscay Marine Energy Platform), que será um centro de testes em mar abeto situado em frente à costa de Armintza e que permitirá provar diferentes tecnologias marinhas para a captação de ondas. Bimep reunirá em um só ponto, os desenvolvimentos tecnológicos de última geração.